Veja em qual ordem assistir Fate (Guia Completo)

A série Fate tem uma enxurrada de animes diferentes, veja aqui em qual ordem assistir para desfrutar a melhor experiência que Fate tem a oferecer.

Veja em qual ordem assistir a série de animes de Fate

Veja em qual ordem assistir a série de animes de Fate

Primeiro vamos falar dos principais, pois Fate tem uma quantidade enorme de Spin-offs que é recomendado ver apenas após assistir a série principal.

Assistir em ordem de lançamento

Está e a minha recomendação pessoal para quem está querendo assistir pela primeira vez, assim você não perde alguns plots e se acostuma com a animação ruim do primeiro Fate de 2006. Mas caso você não queira ver esse anime de 2006 devido a qualidade, é perfeitamente possível pular com outra ordem ideal que falarei mais abaixo.

Essa é a ordem de lançamento de Fate:

1 – Fate/Stay Night (2006)

Veja em qual ordem assistir Fate (Guia completo)

  • Este é o ponta pé inicial da franquia, você conhece a história do protagonista principal e se familiariza com toda essa história de servos e santo graal que vimos em quase todos os Fates. Nele seguimos a rota da Saber como a heroína principal da história. As rotas são nada mais nada menos que a mesma história recontada de uma forma diferente e com um final diferente.

2 – Fate/Zero (2011)

Veja em qual ordem assistir Fate (Guia completo)

  • Este é um Prequel e mostra o que aconteceu antes do Stay Night, tem bastante foco no pai do Emiya e o que aconteceu com ele, apesar de um prequel, é extremamente bem feito e vale muito a pena.

3 – Fate/Stay Night: Unlimited Blade Works (2014)

Veja em qual ordem assistir Fate (Guia completo)

  • É uma releitura do Fate/Stay Night e é a segunda rota da história. Nela a heroína principal é a Rin e todos os acontecimentos giram em torno dela.

4 – Fate/stay night: Heaven’s Feel (2017)

Veja em qual ordem assistir Fate (Guia completo)

  • A terceira e última rota a ser adaptada da história principal, desta vez a heroína é a Sakura. Você perceberá que todo inicio de Fate é igual, já que se trata da mesma história, mas os acontecimentos mudam conforme o passar do tempo e as coisas ficam bem diferentes. Esta foi a única rota que foi adaptada em formato de filme.

Assistir Fate em Ordem Cronológica

Esta ordem para assistir Fate é mais indicada para quem já viu o anime uma vez e está apenas buscando assistir novamente, então ficaria assim:

  • Fate/Zero (2011)
  • Fate/Stay Night (2006)
  • Fate/Stay Night: Unlimited Blade Works (2014)
  • Fate/stay night: Heaven’s Feel (2017)

Lembrando que tirando o Fate/Zero, todos os outros se tratam da mesma história no mesmo período de tempo, mas são como linhas paralelas do universo onde as coisas acontecem de forma diferente.

A animação do Fate de 2006 é horrível e não quero ver, o que eu faço?

Confesso que entendo perfeitamente quem não gosta da animação, ela já era datada até mesmo para a época. Mas não se preocupe! Como eu já expliquei antes, Os 3 Fates principais se tratam da mesma história recontada de forma diferente. Então você poderia assistir Fate em uma ordem começando por um extra chamado Fate/stay night: Unlimited Blade Works Prologue que é um prologo da história para te introduzir bem a franquia. Ficaria assim:

Ordem para assistir Fate sem o anime de 2006:

  • Fate/stay night: Unlimited Blade Works Prologue (2014)
  • Fate/Stay Night: Unlimited Blade Works (2014)
  • Fate/Zero (2011)
  • Fate/stay night: Heaven’s Feel (2017)

Com isso você só perde a rota da saber, mas conhece todas as nuances da história do mesmo jeito. Nós colocamos o Fate/Zero depois do Unlimited Blade Works por que a história foi feita para você conhecer o prequel apenas depois. Mas isso não te impede de assistir na ordem cronológica caso você queira, basta ver ela em uma das ordens que citei acima.

Pronto, agora você sabe em qual ordem pode assistir os 4 animes principais de Fate.

Os Spin-Offs de Fate

Fate tem uma quantidade enorme de Spin-Offs, mas depois de assistir a série principal, não existe uma ordem super ideal para ver o resto, você pode assistir do jeito que lhe convém, pois a maioria dos Spin-Offs são totalmente desconexos uns dos outros.

Guia completo de como assistir Fate com Spin-Offs

Caso você queira uma sugestão de ordem para assistir por completo com todos os Spin-Offs e a série principal Fate, aqui está:

  1. Fate/stay night (2006)
  2. Fate/Zero (2011)
  3. Fate/Zero Cafe (2013)
  4. Fate/Zero: Onegai! Einzbern Soudanshitsu (2012)
  5. Lord El-Melloi II’s Case Files {Rail Zeppelin} Grace note – A Grave Keeper, a Cat, and a Mage (2018)
  6. Lord El-Melloi II’s Case Files {Rail Zeppelin} Grace note (2019)
  7. Fate/stay night: Unlimited Blade Works Movie (2010)
  8. Fate/stay night: Unlimited Blade Works Prologue (2014)
  9. Fate/stay night: Unlimited Blade Works (2014)
  10. Fate/stay night: Heaven’s Feel I. presage flower (2017)
  11. Fate/stay night: Heaven’s Feel II. lost butterfly (2019)
  12. Fate/stay night: Heaven’s Feel III. spring song (2020)
  13. Fate/Prototype (2011)
  14. Fate/Extra Last Encore (2018
  15. Fate/Extra Last Encore: Illustrias Tendousetsu (2018)
  16. Fate/Apocrypha (2017)
  17. Fate/Kaleid Liner Prisma Illya (2013)
  18. Fate/Grand Order: First Order (2016)
  19. Fate/Grand Order -Divine Realm of the Round Table: Camelot- Wandering; Agateram (2020)
  20. Fate/Grand Order -Divine Realm of the Round Table: Camelot- Paladin; Agateram (2021)
  21. Fate/Grand Order: Absolute Demonic Front – Babylonia – Initium Iter (2019)
  22. Fate/Grand Order: Absolute Demonic Front – Babylonia (2019)
  23. Fate/Grand Order: Moonlight/Lostroom (2017)
  24. Carnival Phantasm (2011)
  25. Today’s Menu for Emiya Family (2018)

E este é o fim do guia completo de Fate e como assistir ao anime, eu recomendaria dar uma olhada nos spin-offs de Fate/Apocrypha e Fate/Grand Order, são os mais legais dos Spin-Offs na minha opinião, mas você é livre para tentar qualquer um dos spin-offs listados acima.

Com isso, você viu a ordem completar para assistir os animes de Fate!

Confira também:

Imagem padrão
Valteci Junior
Artigos: 454